quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

MEU VIZINHO É UM TESAO PART2

Depois do sorrisinho meio contrangido do meu vizinho, ele me olhou nos olhos com aqueles olhos grandes e enigmáticos e revelou: _Eu já sabia que vc gosta de ficar com homem... _Como você sabia? Vc pode ter desconfiado naquele dia que eu cheguei em casa com um boy... E ele: _Não... Sabe o Anderson? Que mora no bairro ao lado? Ele é meu amigo... Dias depois que vc mudou pra cá, ele estava aqui em frente de casa comigo e quando vc passou, ele me disse que tinha te torado... Eu nao acreditei, porque tu não tem jeito de viado, mas tive certeza naquele dia que tu chegou com o carinha... Até porque, eu pulei teu muro e fiquei ouvindo vcs dois gemendo e a cama rangendo... rsrsrsrsrrsrs Caraca, o menino era mais esperto que eu pensava... e o filhoa da put... do Anderson tinha me entregue, aquele viado fuleiro...Mas o bom,é que enquanto meu vizinho falava,senti sua respiração ficar ofegante, ele meio que inquieto, como esperando uma reação minha... Eu lhe disse: _bom, certeza vc ainda não tem, mas pode ter agora, se quiser... E tratei de pousar minha mão em seu pau, que pulsava sobre sua bermuda... Ele me deu um abraço e revirando os olhos e ofegante, me disse: _Quero meter gostoso no teu cuzinho... Tô muito afim de te fuder, cara... Com essa, teitei beijá-lo, mas ele virou o rosto, dizendo que aquilo era muito íntimo e não se sentia preparado... Não insisti... Mordi sua orelha, beijei seu pescoço, seua mamilos e ele, de olhos fechados, só curtia minha boca e mãos percorrendo seu corpo magro... Até que chego em seu volume no meio das pernas... Abro o velcro da sua bermuda e a tiro,deixando-o só de cuequinha box azul...Passo a mordiscar seu cacete duraço por cima da cueca mesmo... Coloquei-o em cima da mesa e pedi pra ele abrir as pernas assim como sempre faz quando toca violão... Ele tentava tirar sua cueca e eu impedia, queria deixá-lo loucão de tesão... e fui conseguindo... Até que retiro a vara dele pelo ladinho da cueca... Que pau bonito... Não era grossão, era meio fino, tortinho para a esquerda, com uma cabeçona bem rosinha e estava bem meladinha e pulsando, duraça... Primeiro, passei minha lingua só na cabecinha, pra sentir o gosto... E fiquei circulando-a... Ele gemia e tentava forçar minha cabeça pra eu engolir toda... Eu lhe pedia calma e judiava dele... _Vai cara, chupa com gosto minha piroca!!! O Anderson falou que tu chupa bem bacana!!!! Vai, mama no meu pau,igual uma putinha!! Fiquei com raiva de mais essa revelação, mas já que eu estava ali... Engoli todo o pau do garoto, chegando a me ebgasgar... mas ele adorou, gemia alto, falava palavras desconexas, suspirava, virava os olhos... _Caralho, tu chupa muito gostoso... Tô afim de gozar já!!! _Goza no meu rosto, safado!!! _Não!!! Eu vou gozar dentro do teu cu!!! Vai, mostra ele pra mim, que eu vou te enrabar!!!! Nisso, nós estávamos na mesa e eu ainda totalmente vestido... Despi-me como num passe de mágica, e ali mesmo, ele me posicionaou sobre a mesa e ficou me dando tapinhas na bunda _Caralho, que cuzão, vizinho... Vou fuder gostoso esse rabão!! _Pode se servir, tesão!!! Ele pôs camisinha e de um só golpe, socou todo o cacete dentro de mim... E incrivelmente,não senti dor alguma...Pelo contrário, me senti bem, que cheguei a soltar um gemido seguido de um sorrisinho de satiafação... _Gostou da minha piroca enfiada ai,né? Ele falava e rebolava atrás de mim, com o pau todo enfiado e eu sentindo seus pêlos roçando na entrada... _Vai, cara, bota pra fuder gostoso o teu vizinho vai...Eu gosto que meta bem forte!!! Entção ele começou o vai e vem... Nossa, que delícia sentir o saco dele batendo na minha entrada... Eu gemia e rebolava no meu tesãozinho... Ele se apoiava nos meus ombros e socava sem dó em mim e pedia pra eu rebolar e gemer feito uma puta na piroca dele...Fiacamos nessa por mais ou menos uns 10 minutos apenas... Mas eu gozei primeiro e fiz questão de apertar seu cacete com minhas contrações anais... O cara enlouqueceu... Gemia, berrava e soltava um gostoso "oh,oh, ah, oh..." a cada socada que me dava... De repente, ele me dá a socada mais funda que já levei e se gruda as minhas costas, arfando, gemendo muit gostoso, totalmente suado e com as pernas meio bambas, trêmulas... Fica alguns minutos ainda encaixado em mim, como que recuperando as forças e ainda gemendo _Caralho, que foda gostosa... Nunca pensei que comer viado era tão gostoso... _Respeite rapá...Não sou viado, apenas curto foda com caras... Ficamos conversando banalidades, sentados no sofá agora, ainda despidos, onde consegui tirar um beijo dele meio que mal dado, mas foi... Ainda transamos mais uma vez, dessa vez no meu sofá, ele metendo em mim de frango assdo e de ladinho... Meu vizinho é um tesãozinho... De lá pra cá, evitei de sair de casa nos horários em que ele está tocando seu violão em frente a sua casa... Isso é um pouco de vergonha, mas também um teste... Queria ver se ele realmente tinha gostado e viria me procurar... Ontem, 6:30 da tarde, bateram no meu portão... Adivinha quem era? Estava com seu violão em punho e pediu pra entrar, me perguntando se poderia tocar ali... Eu lhe disse: _Claro, pode tocar teu violão, que enquanto isso, eu vou tocando num outro instrumento teu... Acabo esse relato por aqui, mas eu acho que essa história continua,oh... Pelo que nós fizemos ontem... Beijos, queijos e abraços... Allex, aprendendo sempre.

O MEU PRIMO

Era tarde de um domingo ensolarado...Enquanto a maioria das pessoas programavam um domingo na praia, eu não podia fazer o mesmo, ja que tinha que ficar em casa estudando para semana de provas de faculdade. Minha familia decidiu ir a praia, entao aproveitei a oportunidade para estudar. Quando estou sozinho, gosto de ficar sem roupa em casa, fico mais a vontade, é um prazer a mais. Enquanto eu estudava deitado no sofa da sala, toca o interfone, e em meio ao susto coloco apenas uma bermuda, e quando atendo é o meu primo Anderson, que sempre eu tive uma pequena tara por ele. Ele decidiu vir na minha casa a procura do meu outro irmao, para consertarem o motor do carro dele. Ao entrar em casa, logo percebi que ele estava sem camisa, uma bermuda como se ja tivesse voltado da praia, e um sorriso safado. Me fiz de Joao sem Braço e voltei a estudar, deixando ele esperando na sala assistindo tv. Depois de cerca de 20 min, falei para ele q iria para o meu quarto, iria estudar melhor la, e fiz, fechei a porta e tirei a minha roupa para estuadar na cama nu, da forma que estava antes. So que esqueci de trancala...Pouco depois tive um susto, ao perceber ele na porta ja batendo uma punheta e me olhando, ja que eu estava deitado de bruços, ele so reparava na minah bunda. Ele perguntou se eu queria algo alem do estudo, e eu nao titubiei..falei que sim...queria saber como o meu primo trepava...ele tirou a roupa e foi em direçao a minha cama..nao deitou, ficou em pe, e pediu para que eu chupasse ele com carinho...e bem gostoso...e como chupei aquele pau gostoso. Bem devagar, da forma que ele queria...enquanto ele mexina no meu cabelo me fazendo ficar mais possuido de tesao por engolir aquele pau. Totalmente duro depois, ele começou a agir...nao qria bjo, qria apenas uma foda gostosa...e ele começou a passar a mao na minha bunda, intercalando com uma massagem gostosa e um dedo dentro do meu cuzinho que seria dele pela primeira vez. ele abriu minhas pernas e começou a me lamber, me deixando super excitando, ao ver a cabeça dele, entre minhas pernas, lambendo o meu cuzinho e batendo uma punheta gostosa para mim...depois disso, ele começou a penetrar...pedi pra ele ir devagar, pq era a minha primeira vez...e ele foi bem devagar e bem gostoso..para eu sentir bem o pau dele na minha bunda...de repente, ele parou a penetraçao, com o pau dentro do meu cuzinho...e falou para que ter calma, e se concentrar em apenas mexer a musculatura, para sentir com mais prazer aquele pau que so era meu...satisfeito ele meteu mais gostoso..ate que nao resistiu e gozou..senti bem gostoso, e quentinho...nunca vou esquecer...depois fomos ao banheiro..tomamos banho juntos, aonde eu chupei ele mais uma vez, e ele me limpou, aproveitando tb para passar mais a mao na minha bunda...nao vejo a hora de chegar mais uma epoca de prova, para repetir bem gostoso...espero que tenham gostado!

MEU VIZINHO É UM TESAO

Depois de algum tempo afastado, volto agora para relatar um ocorrido inesperado a uma semana atrás, mais exatamente na sexta. Acontece que mudei em julho para uma nova casa num bairro periférico da minha cidade... Não por ser metido, mas quse não tenho contato com meus vizinhos, vivo dentro de casa e o muro e bem alto... Entretanto, um jovem, de 20 anos, logo de início me chamou a atenção. Sempre ficava em frente a sua casa, tocando vilolão e toda vez que passava, ele me lançava um olhar muito misterioso,que me deixava desconcertad e me perguntando se eu estava dando pinta. Passei de inicio a evitar olhá-lo, com medo de repercussões na vizinhança... Um dia, cheguei em casa mais tarde e trouxe comigo um boyzinho que havia combinado pelo face... Meu vizinho estava em frente de casa, com umas meninas e faltou quebrar o pescoço para me olhar entrar em casa com o boy... Chegou a se levantar da cadeira e caminhar como em minha direção... Não dei importância e entrei com meu boy,pois eu tava muitoafim de fuder... Transei gostoso com meu boy e quando estávamos saindo, meu vizinh estava praticamente em frente ao meu portão... Pela primeira vez, cumprimentei-o. Ele apenas retribui ao meu "E ai, beleza com um aceno de cabeça e aquele olhar misterioso. Os dias foram se passando e ele continuava a me encarar toda vez que eu passava, mas não me cumprimentava. Então passei a observá-lo melhor: Relamente um aparência jovem, magro, mais alto que eu um pouquinho, uns 1,80m, moreninho claro, com barbinha rala e um par de olhos enigmáticos, mas muito atraentes, grandes e brilhantes... Passei a observálo de canto de olho... Ele respirava sensualidade: sentava-se num banquinho com seu violão, abria bem as pernas e ficava tirando suas notas...Muito tesãozinho... Decidi então que agora eu que iria lançar a ele meu olhar de "te quero, caralho!" Passei a sair de casa com mais frequencia, só no truque, a varrer a calçada em frente a minha casa só de bermuda (modéstia a parte, tenho um par de coxas muito bem torneadas e uma bundona que faz sucesso com o felizardo que a provou rsrsrrs)... Assim, numa dessas oportunidades, hes que surge na frente de sua casa meu vizinho. Fiquei nervoso, mas fui em frente. Tentei inicialmente um cotato visual, mas ele desviou seu olhar... Fquei fitando-o assim mesmo, não era assim que ele fazia? Senti que ele ficou desconcertado e entrou pra sua casa... Passei dias sem vê-lo, quase entro em pânico imaginando o que se passava na cabeça do garoto. Até que na sexta-feira passada... Passei pela rua, em frente a sua casa de moto e cheio de compras... Dessa vez, ele estava sozinho e vestido apenas de bermuda amarela, sentado com as pernas bem abertas num banco... "Acidentalmente", ao parar em frente de casa, deixei cair uma sacola e fiquei totalmente desastrado com as outras... Ele veio caminhando em minha direção e ao se aproximar, ofereceu ajuda. E eu, logicamente aceitei, que não sou besta, né? Entramos, ofereci água a ele,suco, bolo, fruta, um banho e só faltou oferecer logo um sexo bem gostoso diante de todas as negativas...Conversamos banalidades, nos apresentamos e tals... Eu não tendo mais saida, joguei essa: _Me diz uma coisa: Porque vc me olha tanto toda vez que passo por frente de sua casa? Ele ficou totalmente desconcertado e fez mensão de querer ir embora... Eu o segurei pelo braço e exigi uma resposta, meio bruto. Enfim ele balbuciou: _Sei lá... Eu vou com tua cara, te acho legal, bacana, não sei porque... _Mas eu pensava que vc era gay e tava afim de me dar ou afim de me comer... _Não,eu não sou baitola não... _Pois eu curto foda com caras assim,como vc... Sabia que outro dia vc quase estraga uma foda minha com um boy, de tanto me olhar? Outra vez sent ele totalmente nervoso... Pra não deixá-lo fugir, pus minha mão em seu peito... _Tá com medo de que? Tu tá afnzão asim como eu, não tá? Aproveita que pode ser que depois eu que não tenha coragem de ficar contigo... Ele sooriu desconfiado e... Continua... rsrsrrssr

SAUNA QUENTE...

Contos > Gays > Outros > Sauna quente Sauna quente Autor: Andre Joao Enviado em 02/12/2012 Hits: 312 Qualificação: on on on on on Srs, sabado atarde chuvosa terminei o trabalho e fui p/ casa, no caminho resolvi que iria na sauna do prédio. Cheguei em casa coloquei um shorts e fui, chegando tinha um rapaz que na hora que cheguei me comprimentou e entrou na sauna a vapor, eu resolvi ir na sauna seca, mas estava fria e fui a outra. Quando entro na sauna a vapor me deparo com uma cena maravilhosa o rapaz estava com a sunga abaixada e batendo uma punheta, entrei ele se assustou e se arrumou, pediu desculpa e eu falei que isso. Resolvi ficar em PE e a toda hora olhava p/ seu pau duro dentro daquela sunga, olhei varias vezes e ele persebeu mas ficou ali sentado ainda. Derrepente ele se levanta e eu imagino que vai sair, mas ele se vira p/ mim e diz parece que gostou, eu sem saber o que falar fico quieto e ele já tenta pegar minha Mao e colocar em seu pau, mas não deixo ele então me agarra e me beija eu retribuo, ficamos ali por um tempo ate que ele me vira e me puxa contra seu pau dando uma encoxada deliciosa e já começa a me chupar o pescoço, morder a orelha me fazendo suspirar. Ate que ele começou a beijar decendo minhas costa e chegou e abaixou meu shorts, eu imediatamente tentei fazelo parar mas ele não ouviu e já começou a chupar meu cu me fazendo arrepiar inteiro, ele ficou ali por uns 2 minutos ate voltar a me encoxar e me beijar a boca aindade costas. Derrepente ele pega seu pau e começa a passar pela minha bunda e quando chegava no cu ele colocava o começo da cabeça. Eu pedia e suspirava naoooooooooo, mas ele para minha alegria não atendeu e colocou seu pau todo dentro, e vei e me beijou. Ficou parado com seu pau dentro e me beijando por uns minutos, Ai ele começa a se mov num vai e vem bem devagar. Ate que começou a fuder rápido e com força me fazendo gemer muito, mas ele gozou uns 5 mim depois me fazendo delirar e me decepcionar um pouco. Ele tira seu pau se veste e senta e logo diz senta aqui, sento a seu lado e ele começa a dizer quem era ele e tal, ate que resolvo ir tomar uma ducha, fico ali sentindo a água cair por um longo tempo atte que ele entra e diz Andre quero vc e me beija, logo depois me força p/ chupar mas digo aqui não empurro ele e saiu, vou para a área de descanso e me deito em uma cadeira, logo ele vem fica a minha frente tira seu pau e diz chupa seu viado quero que vc sinta meu gosto. Eu denovo me levanto e volto a sauna ele vem atrás com um pouco de raiva e dentro da sauna me agarra me beija a me força a chupar, resisto e ele me da um tapa na cara, chupo ele por uns 5 minutos ate seu pau começar a babar e ele delirar, mas ele me puxa, segura, e senta e diz mudei de ideia vem senta aqui, me puxa forte e me guia ate ele estar denovo dentro de mim, me fazendo cavalgar. Eu não curto muito e peço que pare e mude de posição, ele me coloca deitado e de frango assado me fode ate gozar dentro denovo, so que desta vez ele continua com seu pau dentro fazendo vai vem bem devagar, eu sinto seu pau endurecer dentro, mas graças ele tira e diz quero vc anoite em casa.

MEU MELHOR AMIGO DORMIU EM CASA E ACABOU ROLANDO..

Essa é a primeira vez que escrevo no site,a história é verídica e me aconteceu ontem. Bom meu nome é Fernando tenho 22 anos,magro e modesta parte sou bem bonito.Moro em uma casa que divido com outro amigo,mais o mesmo nunca para em casa,então sempre levo alguem pra tomar uma cerveja em casa comigo. Tenho um amigo de infância o Will ele tem a mesma idade que eu,é casado e tem 2 filhas. Então como eu dizia,o will veio na minha casa ontem brigado com a mulher dele bebemos meia cx de cerveja conversamos sobre tudo ai o Will ligou o computador na sala e começou a ver uns vídeos eróticos,foi ai que ele disse que iria dormir. Como ele ja dormiu algumas vezes em casa eu fiz o que eu sempre faço,armei um colchão no chão e cedi a minha cama de casal pra ele dormir,mais dessa vez ele disse não,que não era pra mim dormir no chão e dividir a cama com ele,assim eu fiz. Ele perguntou se teria problema ele dormir sem camisa e de cueca porque estava muito calor,como agente era como irmãos eu disse pra ele ficar a vontade...ele é um cara que faz a linha bem machão,pegador,famoso na cidade... Passado uns 20 minutos que agente estava no quarto senti a sua mão em mim passando sobre minha barriga,foi uma coisa muito rapida e inesperada,de repente ele tira a cueca e mostra seus 22 cm (aproximadamente) pra mim,trancamos a porta e começamos um delicioso meia nove... o pau dele alem de grande era muito grosso,ele olhou pra mim e disse que ele iria me comer e eu estava maravilhado com aquela pica gigante na minha boca,ele me virou de costas lubrificou os dedos com saliva e foi colocando no meu rabo, doeu muito pelo pau dele ser muito grande,mais o prazer era compensador ele deu varias estocadas em varias posições,estavamos no auge do prazer quando ele gozou começamos a nos beijar e fomos dormir pelados. Pela manhã acordei com o will deitado com a cabeça no meu peito,o abracei e coisa de cinco minutos eu ja estava chupando seu cacetão de novo,só não transamos porque a campainha tocou,era a esposa dele, agente se trocou rapidinho e fomos abrir a porta pra ela,os dois foram embora. E eu fiquei com isso na minha cabeça,nunca tinha tido relações com o outro homem,mais fiz e adorei,só não sei como ficara nossa amizade daqui pra frente,se ela vai continuar ou se ele se arrependeu por ter feito isso muito bêbado,mais caso role novamente eu conto em outra publicação! Obrigado caros leitores

COMO FUI POSSUIDO POR TREA BAD BOYS(INCLUIDO MEU IRMAO)

Me chamo Pedro,sempre fui mais delicado que os outros meninos,loirinho,magro,com uma bunda grande,sempre tive que ouvir comentários a respeito disso. Não conheci meu pai biológico e sempre fui criado apenas por minha mãe que como vem de família rica,sempre teve assistência para tudo,por isso posso me considerar um riquinho de mão cheia,tinha dezesseis anos quando minha mãe conheceu o homem que viria a ser seu futuro marido,Roberto,cinqüenta anos,marrento,cara de mal,o meu oposto. Minha mãe e Roberto se apaixonaram rapidamente,sabia que Roberto tinha um filho dois anos mais velho do que eu,mas isso pouco me importava,contando que não me enchesse o saco estava tudo ótimo. Foi depois de seis meses de relacionamento que eles começaram a falar de casamento que eu finalmente conheci Rafael,o filho de Roberto. Era um garoto enorme,praticava jiu-jitsu,tinha a cabeça raspada,cabelo preto,uma cara de pitbull que assustava,seus braços eram grandes e cobertos de tatuagem,era muito forte e meio gordinho,pode se dizer que era bem gato,mas um mal educado,arrotava,era grosseiro comigo sempre,mas pela felicidade da minha mãe eu não dizia nada. Até que eles se casaram e fomos morar todos juntos,eu e Rafael no mesmo quarto. Era um pesadelo,Rafael era um bagunceiro,deixava tudo uma zona,o quarto vivia com o cheiro do seu suor,e mesmo assim eu não podia deixar de reparar como ele era gostoso,milhares de meninas ligavam pra ele.Era um inferno,mas ao menos ele não me enchia o saco,e apesar dele saber,com certeza,que eu era gay nunca zombou disso. Foi depois de alguns meses que nos morávamos juntos que as coisas começaram a desandar,eu estava no meu quarto deitado e lendo só de cueca branca quando entra Rafael,suado,o rosto sangrando,só de bermuda,tinha acabado de sair de um treino feroz,ele me olhou e disse: - Tá lendo fresquinha? Não respondi e continuei lendo,ele arrancou o livro da minha mão,olhei seu corpo enorme e suado e disse: - O Que voce quer? - Uma foda- ele disse rindo alto como um ogro. - Isso eu Não posso te dar. - Será?- ele disse me encarando,o celular dele tocou e ele foi atender me livrando da falta de resposta naquela situação. Ele saiu do quarto,voltou de cueca,colocou uma bermuda vermelha e uma camiseta cavada preta olhou pra mim e disse: - Se livrou da foda por hoje…arrumei uma putinha ai. Fiquei pensando naquilo,mas conclui que era apenas uma brincadeira dele,tomei meu banho e fui tomado por pensamentos sobre Rafael,aquele corpo enorme invadiu meus desejos,achei a cueca suada dele no banheiro e me coloquei a me masturbar no cu sentindo o cheiro do seu sexo,meu pau estava duríssimo.Fiquei com raiva de mim,levei as roupas pra lavar mas antes cheirei novamente sua cueca.Voltei pro quarto e deitei na cama dele,tudo tinha o cheiro dele,cheiro de homem,meu cu piscava com a idéia de um dia ser possuído por ele,mas me refiz e deitei na minha cama. Foi em um final de semana que as coisas aconteceram,meus pais foram viajar e Rafael planejou uma festinha,chamou outros ogros e umas biscates,estavam todos bebendo na piscina e Rafael estava de sunga branca dando uns amassos em uma negra linda,eu cheguei para pegar uma cerveja e ele veio até mim,o pau duro e visível na sunga. - Pedrinho,fica ai com a gente- ele disse malicioso. - Não,valeu- respondi me retirando. Ele pegou no meu braço com força e disse: - Fica aqui porra um pouco,vou dar uma comida naquela neguinha safada e já volto. E dizendo isso ele foi com ela pra dentro da casa,não me agüentei e fui atrás,espiando pela porta vi a menina ajoelhada com a rola que posso dizer era imensa do Rafael na boca,ele gemia como um ogro,fazendo força com a cabeça dela,puxava os cabelos da garota,ela mamava com vontade,fiquei arrepiado,fui até a cozinha e peguei uma cenoura,coloquei uma camisinha e soquei no rabo vendo Rafael meter nela,ele metia como um animal,ela gemia feito uma puta,eu estava transtornado com aquilo,morrendo de desejo,queria o pau dele no meu rabo e não aquela cenoura.Esqueci do tempo e fiquei ali metendo a cenoura no meu cu,estava enlouquecido quando a porta se abre com tudo,Rafa suado com a pica gigantesca dura e babada,ele me olha e sorri. - Tá querendo levar no cu né fresquinha?- ele arranca a cenoura do meu rabo e diz- pra que isso? Se você tem isso pra você Ele balança a rola na minha cara,eu ajoelhado engulo aquele pau enorme,ele urrou olhou pra trás e disse para a Negra,que descobri que se chamava Fran. - Chama a galera lá Fran,fala prós caras que tem um putinho aqui louco pra dar! - é pra já! Fran me encarou e sorriu como se aprovasse a situação. Ele me puxa pelos cabelos me joga na cama,junta as nossas camas e diz: - Hoje voce vai saber o que é putaria-dizendo isso deita na cama e manda: Vai chupa essa rola! Eu obedeço,claro,chupando ele e o encarando nem percebo que chegam os dois amigos do meu irmão ,Fran e mais uma menina. Os caras dão gargalhadas e um deles,Marcelo,diz: - Olha que delicia essa putinha! Sinto minha roupa ser arrancada e uma língua no meu rabo,eu tremi de tesão,Marcelo estava chupando o meu cu virgem,ele cuspia e socava um dedo,nisso o outro,Júlio já estava mandando ver na outra menina chamada Livia e Fran sentou com a boceta na boca do Rafael.Eu chupava aquele mastro como se minha vida dependesse daquilo,sentia a língua de Marcelo,um moreno jambo enorme e barbudo,no meu cu,assitia Júlio que era delicioso metendo na Livia,ele me encarou e disse: - Mas que putinha hein? quero comer também. Meu cu piscou ao ouvir isso. Marcelo meteu um tapa forte na minha bunda e disse: - Tá até piscado o cuzinho - riu e voltou a me foder com a lingua. Rafael tirou Fran de cima dele e disse: -Quem vai foder ele primeiro sou eu!- Puxou Marcelo e ai eu senti a ligua de Rafa no meu cu eu gemi alto. - Vai dar gostoso pro irmãozão né?! Gemi um inaudível sim. Ele meteu um tapa na minha bunda e disse: - VAI OU NÃO VAI?! - VOU DAAAAAR CARALHO! VOU TE DAR! Ele riu e voltou a chupar meu cu socando um dedo de vez em quando,Marcelo colocou a rola na minha frente e eu abocanhei,Fran beijava Marcelo enquanto isso,Júlio veio até nós e tirou Rafa do meu cu. - Deixa eu experimentar esse rabo. E socou a língua também,nisso Rafa pegou Livia no colo e meteu na xota da garota,eu com a geba de Marcelo na boca assistia tudo maravilhado com a situação,Fran então começou a dividir a pica comigo,nós dois chupávamos nos divertindo,ela ria com simpatia pra mim. - Adoro viadinho - disse pra mim. - Puta! - Sou mesmo - ela respondeu. Rafa então me pegou de jeito,cuspiu na rola e socou com tudo,eu tremi e gemi alto. - Calma,calma,tá todinho dentro de você agora! Marcelo deitou com Fran e a negra começou a cavalgar nele,Livia e Júlio metiam feito animais,e eu com a rola do meu "irmão" socada no meio do meu cu.E então meu desejo se realizou,Rafael começou a meter como estava metendo em Fran a poucos minutos atrás,o ambiente cheirava sexo,eu encarei Rafael e disse: - METE FILHO DA PUTA! E ele meteu,meteu muito,eu tremia nas pernas,sentindo aquele membro enorme me invadindo,sentia o suor dele escorrendo pelo me corpo,o saco dele batia no meu corpo,sua boca ali me chamando,nos beijamos com desejo ardente e derepente ele saiu e no lugar dele entrou Marcelo,socou a rola com vontade,eu gemi alto e vi meu irmão metendo na Fran novamente,eu me virei e cavalguei na rola de marcelo,colocava as minhas mãos no peitoral dele,ele gemia muito. - PUTA QUE PARIU RAFAEL! QUE PUTA É ESSA QUE VOCÊ TAVA ESCONDENDO DA GENTE?! Eu sorri malicioso e meti um beijo na boca dele,ele me segurou e meteu com força,meu cu ardia de desejo,mesmo dando pra um,eu queria mais,meu cu agüentava mais,logo foi a vez do Júlio que meteu com maestria,Rafael observava tudo e metia agora na outra,mas nunca no cu delas…de repente eu falei alto: - Quero só os machos aqui! Entendendo o recado,as duas saíram contrariadas. Os três me olhavam como animais olhando uma presa,fiz Rafa deitar e coloquei a rola dele no cu,mandei Marcelo entrar com a piroca junto,doeu muito,mas entrou,os dois passaram a meter juntinhos e eu abocanhei a rola do Júlio,Rafael estava abismado comigo. - Que delicia,nunca fiz isso! Olha esse cuzão guloso. - Ah puta que pariu! Que isso?! Que isso!? Eu ria por dentro,estava me sentindo muito devasso,já tinha gozado sem nem relar no meu pau,meu cu estava arreganhado e minha boca tomada por uma rola.Eu tremia sentindo os dois paus enormes dentro de mim,os dois estavam pulsando muito,trocávamos de lugar,e todos experimentaram o meu cu. Fiz os três ficarem de pé em fila,e um de cada vez dei um pouco de pé mesmo,rebolava,saia e ia em outro,depois Rafael me pegou no colo e meteu de pé,cai no chão e Júlio começou a me foder de novo,eu chupava a rola de Rafa e Marcelo,colocando as duas juntas,cuspia,punhetava,estava no céu. Os três ficaram em pé fazendo uma roda,eu no chão e de repente a chuva de porra veio,eu engolia o que dava,chupava pra deixar tudo limpinho. Adormeci na cama sujo de porra. Acordei três horas depois só com Rafa do meu lado. - Nossa hein,que puta você é… Eu ri malicioso e disse: - Posso ser quantas vezes e a hora que você quiser. - Ah eu vou querer...

EU E ELE NO VESTIARIO

Meu nome é Eduardo, tenho 29 anos e vou contar uma história que aconteceu comigo alguns anos atrás. Sempre fui assíduo freqüentador de uma unidade do SESC aqui na capital paulista, e todos os dias o ritual se repetia. Eu chegava e me dirigia ao andar que fica a academia do lugar, e ia direto pro vestiário. O vestiário era divido em três partes. No meio ficavam os armários, com a pia, e alguns bancos de madeira pras pessoas se trocarem. À direita ficavam as cabines com chuveiro, e à esquerda as cabines com os reservados e os mictórios. Esses espaços eram bem divididos com paredes. Pois bem, todos os dias, eu chegava ao vestiário e me dirigia para uma das cabines de reservado, e fica espiando pela fresta da porta, para saber se tinha alguma movimentação na parte do vestiário com os armários, pra ver se eu conseguia ver algum cara trocando de roupa. Se ouvisse algum barulho ia pra essa parte e ficava sacando os caras pelo espelho enquanto eles se enxugavam, trocavam de roupa... Certo dia, ao perceber que tinha gente lá, sai da cabine onde estava e fui para parte do meio do vestiário, onde estava o barulho. Quando cheguei, dei de cara comum cara, alto, cerca de 1,80m, bonito, corpo definido, moreno, cabelo encaracolado, olhos azuis, com o peito peludo, bem como o saco, que tinha muitos pelos, que eram bem escuros. Quando vi aquele cara lá, parado, se enxugando fiquei louco de tesão. Fiquei fingindo que estava lavando a mão, enquanto sacava ele pelo espelho. Já tava com o pau duraço de tesão, quando percebi que ele também me olhava, e começava a ter uma leve ereção. Ele parou ao meu lado, de frente do espelho, já com o pau a meia bomba, e continuava a me olhar. Passei por ele e deixei minha mão encostar “sem querer” no pau dele e fui pra parte do vestiário onde ficavam os mictórios. Parei já com o pau pra fora, e ele veio na minha direção, completamente nu, batendo uma punheta e sorrindo pra mim. Virei e mostrei minha rola dura, e ele já foi abaixando e chupando meu pau. Quando já estava quase gozando, eu avisei pra ele, e ele falou baixinho: “Goza no meu cu”. Fiquei com receio que aparecesse alguém e nos visse, mas ele foi mais rápido e já foi virando e encaixando a bunda no meu pau. Sem penetração, ele começou a rebolar na minha rola, e eu senti a cabeça roçando no cu peludo dele. Acabei gozando e enchendo a bunda dele de porra. Rapidamente ele se virou pra mim, me deu um longo e demorado beijo, e voltou para as cabines com chuveiro para se lavar. Enquanto limpava meu pau, um funcionário da limpeza entrou no vestiário e eu sai rapidamente. Nunca mais vi aquele cara na minha vida, mas ainda lembro com saudades daquele dia que fui chupado no vestiário.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

VIZINHO DOTADO E GOSTOSO


Bruno Rios fucks Leo Pavanelo brought to you by PornHub

DESEJOS NO VESTIARIO

SEXO NA PRISAO PART 4

O HOSPEDE

O AMIGO DA REPUBLICA 2

MALE CULT

POLICIAIS EM EXTASE

CAM SECRET BOYS


Camp Secret: Tucker in Max brought to you by PornHub

AMIGOS DA ESCOLA

NO VESTIARIO DA NATAÇAO

PWGO PELO TIO DA OFICINA


Caught by the Janitor brought to you by Tube8

domingo, 2 de dezembro de 2012

INICIADO PELO O IRMAO 2012

Tudo começou a dez anos atraz.....Na epoca eu tinha 22 anos ,sentia uma forte atraçao por homens,mas sempre fui discreto e morria de medo de minha familia desconfiar,mas nunca tive contato com ninguem.Certo dia um conhecido de minha familia tinha viajado para praia,numa dessas viajens de fim de ano,e me pediu para que eu tomasse conta de sua casa.Numa noite a campainha tocou e fui atender,era meu primo e os colegas dele,eram 4 adolecentes.Eles levaram umas fitas vhs porno,e disseram que queriam ver,eu disse que tudo bem,coloquei a fita e eles se acomodaram na sala.A luz estava apagada mas podia ver o volume na bermuda de cada um,as vezes o silencio era quebrado com piadinhas e comentarios.Eu estava exitado tambem,nao pelo filme ,mas por ver aqueles jovens quase furando a bermuda de tanto tesão.Um deles o Mazinho ,garoto de 16anos,branco,1.78alt,corpinho definido se levanta e vai ao banheiro, mostrei onde ficava.Fui até a cozinha tomar água,na volta passei de frente o banheiro e a porta tava apenas escorada,mas achei que mazinho pudesse ter saido e dei uma olhada pela pequena abertura para confirmar.Para minha surpresa ele estava de pé em frente o lavatorio com a bermuda no joelho e tocando uma punheta,seu pau era fino cabeça rosada,devia ter uns 19 cm.Fiquei paralizado com aquela cena,ele chegava ficar na ponta dos pes tocando freneticamente aquela punheta até que jatos de porra eram lançados sobre a pia e o espelho,que cena maravilhosa!!!Meu pau estava babando de tesao quando a campainha tocou, assustando o garoto que ja estava com as pernas banbas,vestiu a bermuda depressa e saiu,entrei na cozinha para disfarçar e fui atender a porta.Era meu irmão que tinha vindo para dormir na casa comigo,os garotos ficaram assustados com a presença dele e logo sairam.Me despedi deles e do meu primo.Ja se passavam das 23hs e meu irmão deitou no sofá e colocou o filme porno que eles deixaram,fui ate o banheiro limpar o que o Mazinho havia sujado.Peguei o papel e comecei a limpar aquela porra que escorria no espelho e pia,aquele cheiro de porra de adolecente me deixava mais axitado,ficava lembrando daquela cena maravilhosa.Voltei para a sala e sentei no chao,meu irmão ja estava exitado,e comentou comigo que ninguem nunca chupou ele,e tinha vontade de ser chupado,fiquei mudo e me deu um calor por dentro,parecia que eu tava pegando fogo.Ele desceu do sofa e sentou ao meu lado e me perguntou se alguem ja me chupou,eu disse que nao e ele perguntou :e vc ja chupou um casete tipo o do cara do filme.Fiquei assustado e fui levantando quando ele pegou minha mao e levou ate sua pica,tentei tirar mas ele segurou com mais força.Vai segura para vc ver,mata minha vontade de ser chupado...ele abaixou sua calça de moletom e clolocou aquele mastro enorme para fora.Me colocou de barriga para cima e sentou em cima do meu torax me deixando indefeso,colocou seu pau na minha cara e disse para eu chupar,abocanhei aquele pau duro e babando e ja nao pensava em mais nada.Ele gemia de tesao e dizia que eu chupava gostoso demais,mudamos de posiçao e agora era eu que controlava a situaçao,lambia a cabeça e descia ate as bolas,engolia todinho e repetia varias vezes.me colocou no sofá e empinou minha bunda,tirou da carteira uma camisinha e fiquei assustado,nunca dei na minha vida,mas ele disse que ia devagar e que eu nao ia sentir dor.Lubrificou meu rabo e veio,colocou na porta e tentou introduzir mas doia demais,pediu para relaxar e de uma vez socou,gritei e pedi p tirar mas ele continuou.Minha dor se misturava com o tesao,ele bombava e eu nao aguentava mais quando esplodi jorrando porra no meu peito,ele passava a mao na porra e estregava na minha cara as vezes passava na minha boca.Saiu de cima de mim e mandou abrir a boca,começou a gosar em minha boca e cara.Urrava e gemia de tanto tesao e dizia:...Toma a porra do seu mano!Ficamos ali deitados com aquele cheiro de sexo.No dia seguinte Mazinho veio pegar os filmes e me perguntou se eu tinha gostado da cena que vi no banheiro,isso é uma outra historia.......

SKATER BOYS

EXECULTIVOS NO VESTIARIO DA EMPRESA


executive pleasures brought to you by PornHub

CHUPANDO O AMIGO EMO NA CAM


gay guy blows his straight friend brought to you by Tube8

PUNHETA DE AMIGOS NA CAM

AMIGOS DO BAIRRO NA CAM

SEXO ENTRE PRISIONEIROS E GUARDA POLICIAL

PRIMOS NO QUARTO


Bored Peixoto And Rodrigo Ferraro Are Dicking Each Other brought to you by GAY.PORN.COM

SARGENTO MOR

INTERROGATORIO BRUTAL